Sobre a Dedeka     Ver Coleção Outono-Inverno 2018     Ir para Loja Virtual     Moronomundo
 
2018
Janeiro
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010
2009
 
   
 
 

Pra deitar e rolar em alto estilo: Punta del Este com crianças - By Destemperadinhos

 
06/11
Terça-Feira
 
TAGS: Alexandra do Destemperadinhos
 
O verão está chegando. E com ele as férias e o astral gostoso de praia. Rio de Janeiro, Santa Catarina, Nordeste, seja onde for... nada melhor que muita areia e mar para essa criançada deitar e rolar feliz da vida. Para quem quiser dar uma escapada do litoral brasileiro, aí vai uma sugestão: Punta del Este, no Uruguai. Por lá, o rio da Prata se encontra com o Atlântico. São muitas opções de restaurantes, comidinhas fantásticas, praias lindas e um pôr do sol de tirar o fôlego. Sem dúvida, é um dos balneários mais charmosos da América do Sul. E, alem de muy hermoso, é um destino muy family friendly!
 

Como e quando ir
O reveillon inflaciona os preços e congestiona o movimento nas praias e restaurantes. Com crianças a tiracolo é melhor evitar o período de 27 de dezembro a 6 de janeiro. Carnaval e Páscoa são ótimos períodos. Há voos do Brasil para Montevidéu – capital do Uruguai que fica a uma hora de distância de carro de Punta. Para quem vem de Porto Alegre ou arredores, a viagem de carro é agradável e ainda permite algumas comprinhas na fronteira no Duty Free (Chuy ou Jaguarão). São por volta de 720 km de distância da capital do RS. Por último, o ônibus leito também é uma boa opção para quem vem do Rio Grande do Sul, mas será preciso alugar um carro para passear pela cidade.

Onde ficar
Sempre alugamos um apartamento, mas existem várias opções de hotéis para a família como: Best Western da Mansa, Barradas, Conrad e o delicioso L’Auberge (hotel do famoso waffle veja aqui!)
 

Cinco programas que adoramos em Punta del Este

PRAIA MANSA
De ponta a ponta, a praia é ótima para tomar banho pois o mar é bem tranquilo. Excelente também para passear de bicicleta, para curtir o magnífico pôr do sol e para dar uma volta pelo Porto e encontrar frutos do mar e lobos marinhos. Aliás, é do Porto que partem os passeios para Ilha Gorriti e Ilha dos Lobos (11 km da costa) - tickets à venda em bancas no local.

Sobre o passeio no Porto, veja aqui
Sobre o Pôr do Sol, veja aqui
 

LA BARRA
La Barra fica a 10 minutos da Península de Punta del Este de carro. A grande diversão é cruzar a ponte ondulada (que separa a praia Brava da Barra) acelerando um pouco o carro (as crianças adoram!). Por essas bandas você vai encontrar: o Museu do Mar, a prainha (point dos niños em La Posta del Cangrejo – em frente ao parador Le Club), sorvete Freddo, entre outras delícias.
Sobre programas com crianças em La Barra, veja aqui!
E o vídeo da ponta ondulada, aqui!
 

SORVETES E CHURROS
Três sorveterias imperdíveis, vá em todas: Arlecchino, Freddo e Volta (esta última só abre no verão e Páscoa e está localizada em Manantiales, após a praia de Bikini). O Churros do Manolo também é histórico e fica no Centro na Península.
 

DEDOS
Nada mais simples, turístico e divertido do que escalar a escultura dos dedos na Praia Brava na Península.
 

FAZENDA LAPATAIA E VILARÓ
Não espere muito da famosa fazenda do doce de leite Lapataia. Ela diverte, mas não tem grandes atrações e é distante. Contudo, o caminho é lindo pela praia Mansa e passa pelo museu do cultuado artista Carlos Paez Vilaró, a Casapueblo. A vista dessa área é incrível. Vale o passeio. Na fazenda Lapataia, não deixe de comer a deliciosa panqueca com doce de leite.
Mais detalhes, veja aqui!
 


Por fim, não esqueça de alguns detalhes importantes. A água do mar em Punta é gelada. E mais: os uruguaios e argentinos costumam ir à praia após às 15h. E eles têm toda a razão. A praia do fim de tarde é muito mais gostosa e agradável. Sem falar que o sol não é tão forte. Boa viagem!!!

----------------------------------------------------------
Crédito das fotos: Destemperadinhos


 
 
Comentar 0 comentário(s) Enviar
Twitter
 
Alexandra do Destemperadinhos
Saiba mais
 
 

Risadas com o papai

 
05/11
Segunda-Feira
 
TAGS: Lu Vicenzi
 
E lá foi ela, toda prosa para a Mini Olimpíada.

Na verdade uma tarde de integração entre pais e filhos. Ou como diria eu: hora dos pais pagarem mico!!!

Ela, na entrada, representaria a turma. Logo, pânico nº 1:

_ Mãe eu não vou entrar com as pernas de fora.

_ Mas Kaká, a profe pediu para você vir como compete, como uma ginasta. E filha, você cresceu, seu abrigo não te serve mais... Logo, vamos lá, linda, de ginasta.

_ Mas mãe, todo mundo vai me olhar como se eu estivesse pelada.

_ Ana Clara, quando você desfila você coloca a roupa que eu mandar e nem questiona. Porque aqui não pode colocar a roupa que a profe pediu???

_ Ai, tá bom mãe, mas se alguém rir de mim, tu me protege.

Nessa hora, um pequeno do Pré I passa por nós e diz:

_Olha, ela tá pelada...

A reação foi instantânea:

_ O seu burro, isso é uma roupa de ginasta. E eu “tô” linda. Então vai sentar na arquibancada, vai.
 

Pronto, ela não precisava mais de ajuda para se defender... Até que o pai começa a aprontar... Pânico nº 2:

_ Mãe pede pra ele fazer direito... (com lágrimas nos olhos).

_ Mas Ana Clara, hoje é você e seu pai, eu só fotografo...

_ Pai, por favor, dá pra parar de me fazer pagar mico???

O pai:

_ Filha, mas eu não entro nessa caixa... Então as pernas ficam de fora...
 

Primeiro, ela morre de vergonha. Depois, ela entra na brincadeira e se diverte pra caramba.

E o legal é isso. Aprender a lidar com as situações de forma rápida, aceitando o que não pode ser mudado e tirando disso as melhores risadas.

A gente tem certeza de que essa tarde ela nunca mais vai esquecer.

Nem nós. Afinal, não é sempre que se vê uma filha TÃO FELIZ. Não precisa de presente para dar felicidade a uma criança. Basta ela estar do lado quem ama!

Isso é atenção. E dedicar um tempo a eles, não tem preço!

-----------------------------------------------------------------------------
Crédito das imagens: arquivo pessoal Lu Vicenzi

 
 
Comentar 0 comentário(s) Enviar
Twitter
 
Lu Vicenzi
Saiba mais
 
 

Fofuras da semana

 
01/11
Quinta-Feira
 
TAGS: GALERIA
 
 Vem chegando o verão...


Isadora Borges Munari (Caxias do Sul - RS)

 
Comentar 0 comentário(s) Enviar
Twitter
 
 
 

As palavras do Gui!

 
30/10
Terça-Feira
 
TAGS: Lu Vicenzi
 
  
Crédito das imagens: arquivo pessoal Lu Vicenzi

Sim, eu estou preocupada.

Meu filho, prestes a completar dois anos (logo ali, dia 8 de novembro), tem uma linguagem muito restrita. OK, linguagem verbal, aquela que somos acostumados a escutar e que queremos muito que os pequenos soltem.

Ele tem sua própria linguagem e como estamos acostumados e o entendemos, não o forçamos a falar.

Eu estou angustiada. Minha amiga fonoaudióloga diz que ele tem mais uma semana pra falar, se não... Lá vou eu pro consultório dela...

Tenho consciência de que o problema não é auditivo, já que ele canta ‘Galinha Pintadinha’ no ritmo. Também tenho consciência de que ele fala com quem quer. Solta seu “paaaaaaaaaaiiiiiiiiii”, sua “vova”, sua “ana” para a vovó. Até conta “um, dois, três” para ela... “mmmmmmmmmai” só quando está em perigo! (ah, essa santa mãe!!!)

Acho que o que acontece com o Gui é uma tremenda preguiça.

E eu não sei como tirá-la dele. Sei que ele tem seu tempo, mas vou confessar que este tal de tempo está me irritando. Meu grau de comparação é uma menininha (que como toda mulher) de língua solta e palavreado fácil que começou a falar com 1 ano e 3 meses.

Sei que cada filho é um filho, mas o Gui tá me tirando do sério.

Vou ter calma, dar a ele mais um mês...

Se não, já pra fono... Afinal, EU QUERO OUVIR SUAS PALAVRAS NA LÍNGUA DA MAMÃE!

P.S.: Sempre que peço pra falar “na língua da mamãe”, ele me mostra a língua dele... É ou não de apertar, morder e abraçar muito???
 
 
Comentar 4 comentário(s) Enviar
Twitter
 
Lu Vicenzi
Saiba mais
  Página:   «   1   2   3   4   5   6   7   8   9   »